A Prefeitura de Sobral, através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE) realizou na quarta-feira (16/12) no Centro de Convenções, a 48ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE). Na ocasião foi votada e aprovada a concessão de incentivos para o desenvolvimento de novos negócios, que resultará na geração de mais postos de trabalho já a partir de 2021.
 
O Conselho de Desenvolvimento Econômico tem como objetivo deliberar sobre os projetos de empresas que tenham por finalidade o desenvolvimento econômico e social do município, mediante investimentos dos quais resultem a implantação ou expansão de unidades industriais ou comerciais, pleiteadas através do Prodecon.
 
O Programa de Desenvolvimento Econômico de Sobral (Prodecon), da Prefeitura de Sobral, coordenado pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE), visa atrair empreendimentos que promovam o desenvolvimento econômico do município, gerando emprego e renda. Pretende ainda reduzir a desigualdade econômica e social da região, elevando e valorizando o nível de qualidade de vida da população sobralense.

 
A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE), vem recebendo desde o mês de novembro produtores rurais para efetivar a sua declaração da vacinação da Campanha de Combate a Febre Aftosa. Nos últimos seis anos, Sobral não registrou nenhuma caso da doença.
 
Os produtores têm até este sábado (19/12) para aquisição das vacinas nas casas agropecuárias. Com a nota fiscal em mãos, o produtor tem mais um prazo de 15 dias para declarar perante a Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (ADAGRI) e Coordenadoria da Agricultura e Pecuária da STDE que vacinou seu rebanho.
 
A ação de vacinação nas comunidades rurais contra a febre aftosa conta com a parceria da Empresa de Assistência Técnica de Extensão Rural do Ceará (Ematerce), Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Sobral e ADAGRI na mobilização e logística da campanha, fortalecendo assim, a pecuária local e regional, com vacinação de aproximadamente 36 mil cabeças de bovinos em Sobral.

 
Consolidada como polo de desenvolvimento econômico da região Norte do Ceará, Sobral continua atraindo grandes investimentos nas áreas do comércio e indústria. As empresas em instalação do município deverão gerar, já a partir de 2021, centenas de empregos com carteina assinada.   
 
Uma delas é a Amazon Temper, empresa de beneficiamento de vidros, que recebeu incentivos do Programa de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Sobral (Prodecon), por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE). A empresa, que vai funcionar provisoriamente em um galpão na Avenida Senador Fernandes Távora, vai gerar 70 empregos diretos e 150 indiretos.
 
De acordo com o secretário Inácio Ribeiro, a Amazon Temper, que tem unidades em vários estados, além de gerar emprego no município, firmou compromisso com a Prefeitura de Sobral para qualificar jovens para que se tornem futuros vidraceiros.
 
Também com o apoio da Prefeitura, em breve Sobral ganhará uma mega usina de energia solar. A Sonne Energias Renováveis (uma empresa cearense gerida por um fundo europeu) vai ser construída na região do Caioca e será a primeira empresa a se instalar no novo Distrito Industrial de Sobral, com capacidade para produzir 114 megawatts (MW) de energia solar.
 
O processo de construção da usina, que deverá ter início no começo do próximo ano, vai gerar 1.000 empregos. Quando estiver pronta, a unidade vai absorver 30 empregos diretos.
 
Outro importante empreendimento que já está em construção no município é o Mix Atacarejo, pertencente ao Grupo Mateus, uma das maiores redes varejista de alimentos do Brasil. A unidade de Sobral deverá entrar em funcionamento a partir do segundo semestre de 2021 e vai propiciar 540 empregos diretos.
 
Em breve, também se instalará em Sobral uma unidade da rede de lojas Casas Bahia, a maior do Brasil no ramo de móveis e eletrodomésticos, que vai gerar 50 empregos diretos.
 
Com o apoio da Prefeitura de Sobral, através do Prodecon, no final do ano passado foi inaugurada no município a fábrica da Diamantes Lingerie. O empreendimento gera, atualmente, mais de 70 empregos diretos e possui capacidade instalada para ampliar esse número para 300 funcionários.
 
NOVO DISTRITO INDUSTRIAL
 
Para dar continuidade à política de atração de empresas e buscando ampliar a área disponível para novos investimentos, a Prefeitura está criando o Novo Distrito Industrial de Sobral, na região do Caioca. A área, como mais de 400 hectares, já foi decretada como de utilidade pública.
 
De acordo com o secretário Inácio Ribeiro, toda a infraestrutura necessária será construída pelo município a partir do surgimento de demandas de novos empreendimentos.   
 
Ele informa ainda que, nos últimos três anos, foram criadas mais de 2.500 empresas na categoria MEIs (Microempreendedores Individuais). “São pequenos empreendedores que foram qualificados pela Prefeitura de Sobral através dos projetos Ocupa Juventude e Segunda Chance”, disse Inácio Ribeiro, destacando que Sobral é um grande polo comercial e também uma região estratégica para o desenvolvimento de novos negócios.

 
A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE), realizou, nesta terça-feira (15/12), um encontro com os grupos produtivos da economia solidária para apresentar os resultados positivos da comercialização dos produtos artesanais produzidos pelos artesãos da sede e distritos, em alusão ao Dia Nacional da Economia Solidária. Devido à pandemia, apenas um representante de cada grupo participou do encontro, que contou com a presença da vice-prefeita Christianne Coelho, do secretário da STDE, Inácio Ribeiro, e da presidente do Idetagro, Daniela Costa.
 
Apesar da pandemia, os grupos produtivos atendidos na Casa da Economia Solidária conseguiram aumentar a comercialização e venda de suas peças. Em 2020, foram comercializados cerca de 15 mil produtos: jogos americanos, chapéus, sousplat, porta-copos de crochê e bolsas de palha, que foram vendidos através da Loja de Artesanato da Casa da Economia Solidária de Sobral, além da comercialização para Piauí, Recife, Icaraí de Amontada e Fortaleza.
 
A Casa da Economia Solidária é coordenada pela STDE e atende grupos de artesanato, ateliê de costura, agricultura familiar e gastronomia, beneficiando agricultores, artesãos e empreendimentos solidários.

 
O município de Sobral será contemplado com um veículo para o transporte de alimentos da agricultura familiar, destinado ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), conforme portaria n° 549, de 7 de dezembro de 2020, da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva do Ministério da Cidadania, divulgada no Diário Oficial da União, na terça-feira (08/12).

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) vem sendo executado em Sobral pela Prefeitura, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE), que vem cumprindo todos os requisitos na modalidade termo de adesão. O município vem trabalhando desde 2013 no PAA e, desde então, já beneficiou mais de 400 famílias da agricultura familiar e cerca de 30 instituições sociais assistenciais existentes em Sobral.