A- A A+ |
Sobral é tudo.
Sobral é da gente.
Sobral é agora.
 

Casa da Economia Solidária (Sede)

A Casa da Economia Solidária é um espaço de comercialização que tem como objetivo incentivar a geração de renda no município por meio da economia solidária, conceito que se baseia em princípios como autogestão,  solidariedade, cooperação e consumo solidário. Neste espaço, que beneficia cerca de 300 pessoas, acontece a comercialização de peças de artesanato, alimentos fornecidos por famílias agricultoras e refeições feitas por grupos produtivos da gastronomia.

     
   

Casa da Economia Solidária de Aracatiaçu 

Este equipamento existe desde setembro de 2021. No local, há uma loja de artesanato e espaço para  momentos de qualificação para os artesãos. 

     
    Estufas

Estes equipamentos fazem parte do projeto Flores do Sertão, de produção e comercialização de plantas ornamentais por agricultores familiares, e tem condições de abrigar 2.600 matrizes. Uma está localizada no distrito de Taperuaba e a outra no Bonfim. Por meio das estufas, produtores de cactos e suculentas têm condições propícias em aspectos como irrigação, umidade e temperatura.

     
 

Mercado Público

O Centro Comercial Chagas Barreto, mais conhecido como Mercado Público, é um ponto de comércio dividido entre os setores de confecções, carnes, peixes e frangos e hortifruti. O local tem mais de 400 permissionários e é um polo de geração de renda e convivência. 

     
     

Unidade de Apoio de Distribuição de Alimentos da Agricultura Familiar (UADAAF)

Neste equipamento de segurança alimentar são executados programas de aquisição de alimentos como o  Programa de Aquisição de Alimentos na modalidade Leite e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). 

     
Instagram